Um (quase) desastre: salame de chocolate

Eu tinha preparado na minha cabeça um super post falando de como a cozinha pode ser prática se você tiver os utensílios corretos. Isso porque comprei um mixer novo e queria uma super receita para estreá-lo.

A verdade é que a receita é bem fácil, mas acho que estou em uma maré esses dias. Vai chegando o final do ano e vou ficando cada vez mais cansada e isso reflete diretamente na cozinha. Me queimo, derrubo as coisas pelo chão, esqueço de comprar ingredientes… Hoje foi um dia típico desastrado e confuso e já vou explicar o porquê.

A receita é tipicamente portuguesa – achei em um blog português, o Pão, bolos e cia. Adaptei os ingredientes e usei o vinho do porto que ganhei do maridão, que fez toda a diferença no final.

Ingredientes:

1 pacote de biscoito Maria (200g)

150g de manteiga

150g de açúcar

150g de cacau em pó

2 ovos

1 colher (sopa) de vinho do porto

Quebre os biscoitos em pedaços grandes e reserve (pode usar as mãos para quebrar mesmo). Em uma panela, misture a manteiga e o açúcar e deixe em fogo baixo até o açúcar dissolver completamente. Bom, o tal do açúcar não dissolvia nunca e resolvi deixar com alguns carocinhos mesmo. Tire do fogo e deixe esfriar por alguns minutos. Usando o batedor de claras do mixer (ou uma colher mesmo, se você não tiver) misture bem enquanto você acrescenta aos poucos o cacau em pó.  Deixe esfriar mais um pouco. Bata os ovos com um garfo e acrescente aos poucos à mistura de chocolate misturando bem.

Agora que começou a bagunça.

Eu resolvi segurar o mixer com uma mão e com a outra despejar os ovos batidos. A mistura já estava morna, então achei que daria certo.  Na hora que despejei o ovo a mistura endureceu em um segundo e, como não estava segurando a vasilha, ela rodou e espalhou chocolate por toda a cozinha. Fechei os olhos e respirei fundo. A vontade era de chorar, de verdade. Quando abri os olhos, avaliei o estrago rapidamente, segurei a vasilha e continuei batendo. Rapidinho ficou mole novamente e virou um creme lindo. Acrescentei o vinho do porto, misturei bem e adicionei os biscoitos picados.

Peguei a colher e a raspadeira, sentei no sofá e, enquanto experimentava um pouco do chocolate, fui pensar por alguns minutos como ia limpar a bagunça enoooorme que ficou na cozinha. Recolhi força e lá fui eu nos meus 30 minutos na faxina.

Despejei a mistura em um pedaço de papel manteiga untado e arrumei com a raspadeira para formar um cilindro. Enrolei (o papel manteiga é como se fosse a “tripa” do salame), ajeitei mais um pouco e deixei no congelador por umas três horas, que foi o suficiente para deixar bem firme.

Sinceramente, eu achei um pouco doce mais, meio enjoativo. Mas acho que a faxina atrapalhou meu julgamento porque o maridão adorou…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: