Quais são as comidas mais caras do mundo?

(Artigo da repórter Juliana Calderari, da Superinteressante, aqui)

O preço de um prato não tem limite quando você combina os ingredientes comestíveis mais raros com uma cara-de-pau de imprimir cifras de 5 dígitos na coluna direita do cardápio. Até um hambúrguer pode custar 11 mil reais! Mas o que faz uma comida valer quantias absurdas? A dificuldade para se obter um ingrediente da natureza, o custo e a duração do processo de fabricação são fatores determinantes. Também há relação entre oferta e procura – algo de custo relativamente pequeno pode encarecer quando é produzido em escala muito reduzida para a demanda. Aos pratos de restaurantes, junta-se ainda o cachê de um bom chef de cozinha e as despesas que um estabelecimento tem para se manter funcionando (do manobrista aos lustres de cristal).

Outro ponto a ser lembrado é a quantidade em que um ingrediente é usado em uma receita. Ninguém come meio quilo de caviar de uma vez, mas não dá para dizer o mesmo do bife wagyu. O que custa uma fortuna no atacado pode não sair tão caro na conta final. O açafrão iraniano, por exemplo, custa 17 mil reais o quilo – porém seu aroma é tão forte que uma porção de 1,50 real basta para temperar um prato para dois.

Ao lado listamos mais alguns ingredientes de uma listinha de compras digna da Paris Hilton. Alguns itens, como o foie gras e o caviar, são objeto de intenso debate sobre a licitude de seu consumo – mas essa é uma discussão que fica para depois do jantar!

Temperos

Vinagre Balsâmico

Envelhecido por 75 anos

Quanto custa: R$ 5 mil o litro.

Essa jóia vem da cidade de Módena, no norte da Itália, e é feita com suco de uva envelhecido em barris de madeira. Diferentemente do balsâmico encontrado no supermercado, não leva vinagre de vinho.

Flor de sal defumada

Quanto custa: R$ 375 o quilo.

Mais de 400 vezes mais caro que o sal de mesa comum, esse sal guarda o sabor dos minerais e das algas do mar da Normandia, França. Os cristais, sempre em pequenas quantidades, são defumados em barris de carvalho anteriormente usados no envelhecimento de vinhos.

Pratos prontos

Torta Golden Bon Vivant

Quanto custa: R$ 33 mil.

A torta, servida num hotel de Lancashire, Inglaterra, pesa 8 quilos e é recheada com carne de Kobe, trufas e cogumelos matsutake. O preço inclui um molho feito com vinho Château Mouton Rothschild 1982 e duas garrafas de champanhe.

FleurBurger 5000


Quanto custa: R$ 11 mil.

Este hambúrguer de Las Vegas tem carne de Kobe, foie gras e trufas negras. Em vez de refri e fritas, acompanham o sanduba uma garrafa de vinho francês Château Pétrus 1990 e uma taça de cristal italiano – que é entregue em sua casa após o jantar.

Cogumelos

Trufa branca

Quanto custa: R$ 14 mil o quilo.

Encontrada nos bosques de Alba, Itália, ela é um cogumelo subterrâneo que cresce em simbiose com raízes de algumas árvores. Para encontrá-los, é necessária a ajuda de cães ou porcos farejadores.

Doces

Trufa Madeleine

Quanto custa: R$ 16 mil o quilo.

O chocolate da trufa da marca americana Knipschildt tem 70% de cacau gourmet francês Valrhona. O bombom é recheado com trufas negras (o cogumelo, não o chocolate). Madonna ganhou uma versão especial do docinho com sua inicial.

Carnes

Foie Gras

Quanto custa: R$ 250 o quilo.

Alvo preferencial dos ativistas de direitos animais, o fígado gordo de pato ou ganso (o mais valorizado) é obtido pela alimentação forçada da ave. A ração à base de amido é empurrada goela abaixo para inchar o fígado e aumentar em até 50% seu nível de gordura.

Carne Kuroge Wagyu

Quanto custa: R$ 2 200 o quilo.

Criado na região de Kobe, Japão, esse bife vem de um bovino que só come grãos e é mimado até a morte (literalmente). O ruminante japonês passa seus dias bebendo cerveja, recebendo massagem e ouvindo música. Tudo isso para garantir uma carne com maciez e sabor inigualáveis.

Peixes

Almas Golden Caviar

Quanto custa: R$ 51 500 o quilo.

Esse caviar iraniano são as ovas retiradas de esturjões beluga de cerca de 100 anos de idade. A embalagem da iguaria é feita de ouro (só para constar: no dia do fechamento desta nota, o metal atingiu a cotação máxima de 45 mil reais o quilo).

Barriga de atum gordo

Quanto custa: R$ 4 400 o quilo.

O hon-maguro, atum de mais de 150 quilos, é morto ainda no mar, a 50 metros de profundidade, para não ter tempo de se debater. O toro, corte mais nobre, é uma parte da barriga que lembra bacon. Um sashimi com 10 gramas é vendido por cerca de R$ 90 nos restaurantes de Tóquio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: