Um jantar mexicano

Esse post é para comemorar 10 mil acessos do blog. Quem me conhece sabe que toda comemoração que eu faço tem comida (e muita!). Resolvi dar um jantar mexicano para alguns amigos meus que foram cobaias das receitas, algumas que  eu nunca tinha feito antes. Com ajuda de algumas dicas do marido, saiu tudo muito gostoso. São cinco receitas: chilli, tortillas, salsa, guacamole  e sorvete de creme caseiro com doce de banana. Não, não sou louca e fiz tudo em um dia só – adiantei tudo durante a semana e só o chili fiz no dia, porque imaginei que ele não fica bem requentado. As receitas dão para 10 pessoas comerem bem (e ainda teve gente que pediu mais!).

Chilli

1kg de feijão jalo

1 pedaço de bacon sem gordura

1 pimentão vermelho grande picado em tiras pequenas

2 cebolas grandes picadas

1 colher (sopa) bem cheia de tempero de alho caseiro

Óleo e sal a gosto

1kg de carne bovina moída (uso patinho)

4 a 6 pimentas dedo-de-moça picadinhas

1 colher (sopa) de páprica doce

1 colher (sopa) de páprica picante

3 tomates grandes (tem que ser bem vermelhos) sem sementes e picados em pedaços médios

Queijo prato ralado

Em uma panela de pressão média coloque o feijão (já lavado) com uma colher (sopa) de sal, um fio de óleo (para não dar espuma), o pedaço de bacon e cubra com água até faltar dois dedos para encher a panela. Deixar ferver, tampar a panela e, quando pegar pressão, deixar cozinhando por +/- 20 minutos. Abrir a panela, tirar o pedaço de bacon e volte a cozinhar o feijão por mais 15 minutos (o tempo depende de qualidade do feijão. Ele não pode ficar nem muito cozido, nem cru. A dica é conferir o cozimento logo que desligar o fogo, sem deixar que a pressão da panela continue o cozimento). Reservar.

Em uma panela grande, coloque o pimentão com 2 copos americanos de água e deixe ferver. Isso vai amolecer o pimentão, que é o que demora mais para cozinhar. Quando a água secar acrescente as cebolas, um fio de óleo, o alho e refogar até a cebola ficar transparente. Va adicionando partes da carne moída e misture sem parar, para não dar pelotas. Adicionar as pápricas, as pimentas, o pedaço de bacon picado (aquele já cozido com o feijão), sempre misturando bem. Testar o sal e pimenta e quando a carne estiver cozida desligue o fogo. Adicione os tomates por último e com o fogo desligado (isso porque eles cozinham rápido e soltam muita água).

Quando faltar 1h30 para servir:

Na panela que você fizer a carne, com uma concha adicione 3/4 do feijão cozido (sem o caldo!!). O restante do feijão eu congelei porque não coube na panela (não ganhei de casamento uma panela para comida de 15 pessoas né, hehe). Misture tudo delicadamente, com o fogo sempre no médio. Quando ferver vai soltar um pouco de água. Fervi por mais ou menos 20 minutos até chegar no ponto que eu queria. Isso depende se você quiser mais aguado ou mais denso, como eu. Ajustar o sal e a pimenta. **Lembrando que esse prato deve ser bem apimentado.

Agora é só servir com o queijo prato ralado por cima e  com tortillas e/ou Doritos.

Tortillas

Essa é mais dica do que receita. A receita original você tem que fazer as tortillas e fritar. Em comprei os discos prontos, próprios para tortillas (encontrei no supermercado Super Nosso), cortei em formato de Doritos e assei por 5 minutinhos em forno SUPER quente para ficarem crocantes.  Tem que ficar bem de olho para não queimarem, porque a massa é bem fina. Achei que fica até melhor que fritar, porque ficam sequinhas, além de bem mais light né?

Aqui tem receita caseira que achei melhor e mais fácil.

Salsa

Fiz essa receita que já postei antes, só que dessa vez coloquei mais pimenta. A salsa serve de acompanhamento para o chilli, guacamole ou para comer puro com as tortillas.

Guacamole

1 abacate médio parcialmente maduro

1 cebola pequena picada em pedaços bem pequenos

1 tomate, também picado em pedaços bem pequenos

1 pimenta dedo-de-moça

Suco de 1 limão

Molho de pimenta (uso TABASCO)

Tire a massa do abacate e amasse tudo com um grafo. Misture com o resto dos ingredientes e deixe na geladeira por aprox. 3 horas.

Sorvete de creme caseiro com doce de banana

O sorvete caseiro eu fiz esse ->daqui, mas ao invés do chocolate em pó coloquei duas colheres (sopa) de baunilha.

Para o doce eu usei:

6 bananas caturras bem maduras cortadas grasseiramente em pedaços

1/2 xícara de açúcar

1/2 xícara de água

1 colher (café) de canela

1 colher (café) de pimenta da jamaica (pode ser allspice também)

Coloque o açúcar com a água em uma panela e coloque o fogo no máximo. A água vai evaporar e o açúcar derreter. Quando começar a fazer muitas bolhas, fique de olho porque o açúcar vai começar a queimar. Deixe ficar bem escuro, mas tenha muita atenção porque de uma hora para outra o açúcar pode virar uma brasa (já aconteceu comigo) e fica com um cheiro forte de fumaça. Assim que ficar escuro, despeje as bananas e misture sem parar. O açúcar vai encarossar e, por isso, não pare de misturar. Depois de alguns minutos adicione a canela e a pimenta da jamaica. Deixe no fogo até chegar no ponto que você quiser. Eu gosto que os pedaços da banana fiquem maiores, por isso dexei menos tempo.

Servi com uma bola do sorvete de creme, uma colher (sopa) de doce de banana e polvilhei com canela.

Anúncios

Comments

  1. Adorei!!! Tudo lindo e gostoso!!!! Parabéns, amiga!
    bjosss

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: